Início Federação P.A.C.E. Projectos Protocolos Formação Legislação Links Contactos
Associações de Pais
Actividades / Projectos
Verifique o decreto-lei publicado.
Controlar a Pandemia
Reveja o documento do Conselho de Ministros, 13 de janeiro de 2021
DGS - video informativo
Preparação do ano letivo pós COVID (CMFeira / Confap / Fapfeira) - 06/08/2020
Reveja o debate Agosto de preparação do ano letivo pós COVID ocm a Confap e promovido pela Fapfeira e CMFeira.
Órgãos Sociais 2020-2022
Assembleia Magna Extraordinária da CONFAP - 2020
A FAPFEIRA marcou presença Assembleia Magna Extraordinária da CONFAP - 2020, que decorreu no passado dia 20 de junho de 2020, no Auditório do Europarque em Santa Maria da Feira. Este momento contou com a presença de Emídio Sousa, Presidenta da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira.
Mais informações a disponibilizar em breve!
XI Jantar das Associações de Pais do Concelho de Santa Maria da Feira
Este evento comemorativo contou com a presença da Drª Cristina Tenreiro, Vereadora da Educação, Professor José Henriques, Presidente da Junta da União de Freguesias de Lobão, Gião, Louredo e Guisande, Sr. Alberto Santos, em representação da CONFAP e diversas Associações de Pais e Encarregados de Educação do Concelho. Agradecemos a presença de todos no nosso/ Vosso Jantar anual!
Fica aqui um Muito Obrigada à Associação de Pais da e Encarregados de Educação da Eb 2,3 da Corga pela organização, um trabalho de excelência que proporcionou a todos um momento muito agradável.

Próximo ano: Canedo!!
Recanto dos Infantes - Viagem Medieval 2019
A Fapfeira disponibilizou, pelo nono ano consecutivo, aos visitantes da Viagem Medieval 2019, um espaço de utilização gratuita dentro do recinto para quem, necessite de cuidar da alimentação e higiene dos seus bebés.
O espaço foi assegurado por pais e voluntários da Federação, a quem deixamos um enorme agradecimento!
 
 
Segurança na Internet
Destaques
Os Pilares Essenciais da Educação
Webinar com o Prof. Eduardo Marçal Grilo
Cara/o companheira/o do movimento associativo parental,
Prosseguindo no desígnio da responsabilidade individual enquanto mãe/pai e da participação nas Associações de Pais, irá ser realizado novo webinar com o Professor Eduardo Marçal Grilo, com o tema "Os Pilares Essenciais da Educação".
Pelo seu conhecimento na área da Educação, será seguramente um importante contributo para refletirmos e evoluirmos na nossa intervenção cívica pela melhoria do sistema educativo e, por ele, do desenvolvimento das nossas crianças e jovens nas escolas.
Será já no próximo dia 29 de janeiro, 6ªf, às 21h30m. Abriremos a sala 15 minutos antes.
Trata-se de um evento gratuito, mas de inscrição obrigatória
Inscreva-se
 
Dia Internacional da Educação
"A Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou, em dezembro de 2018, o dia 24 de janeiro como o Dia Internacional da Educação. A meta é assinalar o papel da educação para a paz e o desenvolvimento. Segundo a Agência das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, Unesco, sem educação inclusiva e equitativa de qualidade e oportunidades para todos, ao longo da vida, os países não conseguirão alcançar a igualdade de género e travar o ciclo de pobreza que deixa milhões de crianças, jovens e adultos para trás. Hoje, com uma pandemia em curso, a Unesco apela aos governos e a todos os parceiros que façam da educação universal de qualidade uma das suas principais prioridades. De acordo com a Unesco, atualmente, 262 milhões de crianças e jovens não frequentam a escola e 617 milhões de crianças e adolescentes não sabem ler nem fazer cálculos matemáticos básicos. Na África Subsaariana, menos de 40% das meninas concluem o ensino médio e cerca de quatro milhões de crianças e jovens refugiados estão fora da escola. Para a ONU o direito à educação destas crianças está a ser violado, uma situação que considera ser inaceitável. Neste dia, a Unesco apela aos governos e a todos os parceiros que façam da educação universal de qualidade uma das suas principais prioridades, no caso português, um pacto educativo era urgente. A educação “é um direito humano, um bem público e uma responsabilidade pública” e que “é a força mais poderosa para garantir melhorias significativas na saúde, para estimular o crescimento económico e para liberar o potencial e a inovação” necessários para construir sociedades mais resilientes e sustentáveis. O direito à educação está consagrado no artigo 26 da Declaração Universal dos Direitos Humanos. A declaração exige educação elementar gratuita e obrigatória. A Convenção sobre os Direitos da Criança, adotada em 1989, vai mais longe e estipula que os países devem tornar o ensino superior acessível a todos.
E tu, o que fazes pela equidade na Educação?"
 
Educação, Escola e Família: da indiferença ao compromisso...
Webinar com o Dr. Laborinho Lúcio
Cara/o companheira/o do movimento associativo parental,
Os dirigentes nas Associações Parentais têm responsabilidades jurídicas e sociais que vão para além da responsabilidade individual enquanto mãe/pai.
É, pois, importante refletirmos com quem nos pode ajudar a consolidar esta consciência cívica em prol de uma ação que seja eficaz no combate à indiferença (de tantos ainda) pela melhoria das condições de educação e do desenvolvimento das nossas crianças e jovens nas escolas.
Por isso, o Dr. Laborinho Lúcio vai estar connosco, as Associações de Pais, no próximo dia 15 de janeiro pelas 21:15, para nos falar da participação (+ e -) parental na Educação, da superação de constrangimentos que, por vezes, desvirtuam os princípios e os valores da nossa missão, e das responsabilidades das AP na melhoria do sistema educativo em Portugal.
Trata-se de um evento gratuito, mas de inscrição obrigatória
Inscreva-se
 
Projeto “O Crescer do Ler e do Ser”: À Janela do Sótão – Minissérie
Já se encontram disponíveis em https://bit.ly/ocrescerdolereser os primeiros episódios da minissérie 'À Janela do Sótão', inserida no projeto 'O Crescer do Ler e Ser'. Produzida com recursos locais, a minissérie pedagógica tem como protagonistas os irmãos Carlos e Bianca e destina-se a ensinar os mais novos sobre as cinco emoções primárias. O projeto “O Crescer do Ler e do Ser” aposta na promoção da literacia emergente e no conhecimento das emoções das crianças em final do percurso pré-escolar.
Promovido pela autarquia de Santa Maria da Feira, em parceria com a Fapfeira e a Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, visa contribuir para um desenvolvimento socioemocional mais consistente e gerador de sucesso profissional e pessoal.
 
Aconteceu em outubro de 2020
Continuando o trabalho sob a insígnia ...”na Educação, pela Educação e com Educação”..., a equipa da FAPFEIRA desenvolveu durante o mês de outubro um conjunto de iniciativas. Valida todas as nossas iniciativas
 
Os perigos das redes sociais e a sexualidade
Reveja o debate dedicado à temática "Os perigos das redes sociais e a sexualidade", realizado no dia 29/10/2020
 
Reveja todos os momentos e debates que foram realizados no decorrer das XIV Jornadas de Educação.
Visualize todos os vídeos através do link:
> Mais informações
 
Aconteceu em setembro de 2020
A nova equipa da FAPFEIRA sob a insígnia ...”na Educação, pela Educação e com Educação”... conseguiu durante o mês de setembro um conjunto de iniciativas. Valida todas as nossas iniciativas
 
Sessão temática "Arranque do ano letivo pós COVID" - 17 de setembro de 2020
“... Está a iniciar-se um novo ano letivo. Como sempre, e particularmente para quem o faz pela 1ª vez, fica-se apreensivo e expectante pela novidade que este momento insere. Muitas perguntas se colocam, cada um com perspetivas diferentes da organização escolar, das diferentes decisões, da dúvida quanto a horários, das necessidades específicas e a outras necessidades, bem como a quase tudo o que envolve a complexidade de um ano escolar. A maioria, apesar das incertezas, procura perceber as soluções para os problemas evidenciados e combater os receios com a esperança de quem confia no trabalho desenvolvido para garantir as condições possíveis para o bem-estar comum. Alguns querem mesmo colaborar para que as respostas encontradas sejam as mais adequadas às necessidades das próprias escolas e das suas comunidades...”
 
Também pode ver videos de recomendação da Dgest em:

#EscolaEmSegurança - Regras Ensino Pré-Escolar e 1.º Ciclo
#EscolaEmSegurança - Regras Ensinos Básico e Secundário
 
Controlo da Transmissão de COVID-19 em contexto escolar
Os estabelecimentos de educação ou ensino são locais de convívio e partilha, onde importa estabelecer medidas de saúde pública, em alinhamento com as medidas implementadas a nível comunitário. Nesse sentido, foram definidas estratégias que permitam o ensino presencial, dando prioridade à prevenção da doença e à minimização do risco de transmissão de SARS-CoV-2, com condições de segurança e higiene nos estabelecimentos de educação ou ensino na retoma do ano letivo 2020/2021.
As orientações assim como o documento na sua totalidade poderá ser consultado através do link: 
https://www.dgs.pt/documentos-e-publicacoes/referencial-escolas-controlo-da-transmissao-de-covid-19-em-contexto-escolar-pdf.aspx
 
O próximo ano letivo terá início na semana de 14 a 17 de setembro, com atividades letivas, não letivas e formativas presenciais para todas as crianças e alunos. Neste contexto, foi já emitido um conjunto de orientações excecionais de organização e funcionamento dos estabelecimentos de educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário, incluindo escolas profissionais, no ano letivo 2020/2021, que garantam a retoma das atividades educativas e formativas, letivas e não letivas, em condições de segurança para toda a comunidade educativa.
Paralelamente, e sem prejuízo de futuras orientações a emitir pela DGS, bem como de eventuais medidas excecionais que a situação pandémica possa vir a determinar, tendo por base a Orientação n.º 030/2020 da Direção-Geral da Saúde (DGS), as sugestões apresentadas pela Sociedade Portuguesa de Educação Física (SPEF) e o Conselho Nacional de Associações de Profissionais de Educação Física e Desporto (CNAPEF), a Direção-Geral da Educação (DGE) elaborou um conjunto de orientaçaoes para a realização em regime presencial das aulas de Educação Física.
Estes documentos podem ser consultados em: 
ORIENTAÇÕES - ANO LETIVO 2020/2021
ORIENTAÇÕES PARA A REALIZAÇÃO EM REGIME PRESENCIAL DAS AULAS PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA
 
O banco de livros da FAPFEIRA funciona em regime de cedência de manuais de forma independente dos processos escolares, ou seja, a requisição de livros nos nossos serviços não substitui nem sobrepõe o regime de cedência de livros previstos nas respetivas escolas (os quais devem ser privilegiados)
Face à necessidade de implementar regras de segurança excecionais, com vista à minimização do contágio por COVID 19, para o ano letivo 2020/ 2021 o acesso ao Banco de livros da Fapfeira compreende e depende da aceitação das seguintes normas de acesso:
-A requisição/ reserva é feita através de formulário disponibilizado para o efeito, disponível AQUI, não sendo aceites outros formatos de requisição;
- A cedência dos manuais e/ou livros de fichas requeridos está sujeita à sua disponibilidade efetiva – o banco de livros poderá não ter disponibilidade para suprimir todas as requisições;
- A requisição/ reserva apenas será considerada após a divulgação das listagens nacionais de manuais adotados por escola;
- A atribuição dos manuais requeridos será feita tendo em consideração da data de requisição, através do formulário disponibilizado para o efeito;
- O levantamento dos manuais atribuídos deverá ser feito até ao prazo máximo de 30 dias após a data de requisição. O não levantamento da reversa dentro deste período implicará perda da reserva, salvo exceções devidamente justificadas;
- O levantamento e/ou doação de manuais atribuídos será efetuado presencialmente na sede da Fapfeira, nos períodos específicos para o efeito (a divulgar) e mediante marcação prévia;
- No acesso às instalações da Fapfeira devem ser respeitadas todas as normas de segurança recomendadas pela DGS. A Fapfeira reserva o direito de recusa de atendimento face ao não cumprimento das normas apresentadas;
 
A pensar nas nossas crianças do pré-escolar, a FAPFEIRA, através do projeto O Crescer do Ler, preparou um conjunto de atividades para serem realizadas em família e fez uma seleção de informação útil sobre COVID-19, com atividades de entretenimento.
Através da metáfora do arco-íris, são disponibilizados canais de comunicação para que as famílias entrem em contacto com uma equipa especializada, para que possam tirar dúvidas, fazer sugestões e partilhar os trabalhos que vão realizando com as crianças.
Esta informação pode ser acedida através do site O Crescer do Ler, disponível AQUI!
Foi igualmente criado um canal no Youtube, de acesso livre, onde todos os dias serão colocados vídeos com propostas de atividades e jogos simples, com materiais acessíveis a todos. Estes estão disponíveis AQUI!
Com a certeza que vai correr tudo bem, desejamos contribuir para que este período seja um pouco mais divertido!!
 
 

COM MOBILIDADES SUSPENSAS

2019-1-RO01-KA204-063705

O projeto Erasmus+ da FAPFEIRA, Challenge to Connect foi criado com o intuito de encontrar soluções para a falta de envolvimento parental ao nível das competências para a vida, literacia e níveis eficazes de diálogo.

O projeto terá a duração de dois anos e irá reunir pessoas de diferentes países e, consequentemente, de diferentes culturas para trabalharem projetos comuns, comunicarem e, acima de tudo, para estabelecerem amizades. Este projeto também pretende aumentar a consciencialização dos problemas que afetam o envolvimento parental no dia-a-dia, carentes de ponderação e superação mediante o envolvimento e convite de todos os participantes a pensarem “out of the box” com criatividade. Além disso, espera-se que os participantes se sintam valorizados e enriquecidos, com a experiência geral que usufruirão durante o projeto. Este oferece novos conhecimentos e novos métodos de resolução de problemas para que se possa atingir uma melhor e mais participada parentalidade. Espera-se que o “Challenge to connect" abra novas portas e caminhos para uma presença parental mais forte em todos aspectos da vida e educação e que, no final, todos sintam que este projeto é apenas o começo de maiores e melhores formas de itervenção em torno de uma paretalidade positiva.

O projeto “Challenge to Connect” é financiado pela União Europeia, através do programa Erasmus+, ação 2, cooperação internacional através da partilha de boas práticas entre a Romania, Portugal, Grécia e a Republica da Macedonia do Norte para os domínios da criação de parcerias estratégicas ao nível da educação de adultos. O projeto dura até 31-07-2021.

- Flyer de enquadramento geral do projeto

- Info Pack da primeira LTT (Portugal)

- Call

 
 
COM MOBILIDADES SUSPENSAS

O projeto Erasmus+ da FAPFEIRA, Change to be Changed pretende promover a consciência social, educacional, cultural e artística de pessoas desfavorecidas das comunidades locais dos paises intervenientes Portugal (Santa Maria da Feira), Roménia (Targu jiu) e Itália (Poggiardo).
Pretende também aumentar a participação ativa de 24 jovens Portugueses. Romenos e Italianos através do desenvolvimento de um projeto transnacional de iniciativa juvenil durante um período de 21 meses.

Os objetivos do projeto são:
- desenvolvimento da participação e compromisso social entre 24 jovens dos países parceiros, através da criação e implementação conjunta de iniciativas socioeducativas, culturais e artísticas para crianças, jovens e idosos em três comunidades locais da UE;
- desenvolvimento de conhecimentos e competências entre 24 jovens dos países parceiros, especialmente no campo da participação social, inclusão e desenvolvimento comunitário, expondo-os a grupos sociais vulneráveis;
- desenvolvimento de atividades de apoio a crianças, jovens e idosos em 3 comunidades locais da UE através de 3 atividades locais realizadas conjuntamente por 24 jovens dos países parceiros.

A FAPFEIRA e os participantes portugueses selecionados receberão os colegas dos outros países em janeiro de 2021, mas, anteriormente, deslocaram-se, em março de 2020, a Targu jiu - Roménia e em setembro de 2020 a Poggiardo - Itália.

- Info pack primeira mobilidade
- Call
 

O Projeto Parenting Stand-Up, é financiado pela União Europeia através do Programa Erasmus+, e coordenado pelo CECIS - Centrul Pentrul Educatie Consultanta Intrumente Structurale(Roménia), com os parceiros FAPFEIRA - Federação de Associações de Pais e Encarregados de Educação do concelho de Santa Maria da Feira (Portugal) e IMS Private School (Chipre), entre os meses de setembro de 2017 e de 2019.

Este projeto envolve pais e staff das três organizações e visa aumentar o nível de envolvimento e a participação dos pais através da partilha de experiências e das melhores práticas entre as organizações parceiras e o desenvolvimento de atividades específicas de cooperação / comunicação entre técnicos envolvidos na educação de adultos e os pais das organizações parceiras.

Para divulgar os resultados do projeto, a entidade coordenadora desenvolveu um guia de envolvimento parental (parental Involvement guide) onde são apresentadas todas as atividades e projetos criados e implementados pelos participantes. Consulte em Inglês ou em Português!

Flyer. Primeiro TPM e LTT. Digital stories

Acompanhe também no facebook.

 
Com o objetivo de promover competências socioemocionais, bem como prevenir e minimizar precocemente as dificuldades inerentes ao processo de aprendizagem, este projeto pretende mobilizar os diversos agentes educativos, pais, educadores e professores para otimizar práticas pedagógicas e potenciar o sucesso no desenvolvimento de competências essenciais para o ajustamento social e académico em crianças na idade de transição para o 1º Ciclo do Ensino Básico.
A base de intervenção é a metodologia Response to Intervention (RTI), um modelo multinível de intervenção progressivamente mais seletivos e diferenciados, face às necessidades dos alunos, ao longo de todo o ano letivo.
 
Os objetivos e alvos a considerar em cada nível de intervenção são definidos com base nos dados obtidos numa caracterização realizada no início do ano letivo, o Despiste Universal, desenvolvido junto de cada criança envolvida no projeto. Consequentemente são desenvolvidas atividades de consultoria e é definida a monitorização do progresso nos diferentes níveis de intervenção. No final do ano letivo é realizada uma nova caracterização, permitindo analisar os indicadores de progresso de cada criança.
 
Este projeto é uma iniciativa da FAPFEIRA, em colaboração com a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira e a Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), estando incluído no Plano Educativo Municipal com a denominação (Pro)Move.
 
 
O Programa da Componente de Apoio à Família da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, gerido pelo Grande Sábio, está à disponível aos pais e/ou encarregados de educação para assegurar o acolhimento -7h30 às 9h00- e prolongamento -17h30 às 19h00- das crianças e jovens que frequentam as Escolas do primeiro ciclo do concelho. Nas interrupções letivas, o horário é alargado para as 7h30 às 12h00 e das 13h30 às 18h00.
A relação Escola/Família é uma das preocupações deste programa, que promove e desenvolve regularmente actividades que potenciam a integração e interacção das famílias no processo de desenvolvimento das crianças.
Estes serviços de apoio à família que integram a componente sócio educativa dos estabelecimentos das EB1 são comparticipados pelos requerentes.
Regulamento CAF 
Ficha de Inscrição CAF 
 
O Plano Educativo Municipal de Santa Maria da Feira para o ano letivo 20/21 está já disponível online (consultar AQUI). Este instrumento de trabalho reúne um conjunto de informação útil sobre a rede escolar, bem como as ações, iniciativas e projetos que a autarquia dinamiza ao longo do ano letivo, tendo como preocupação transversal a todos os níveis de ensino, o desenvolvimento educacional, a formação e a qualificação de toda a comunidade escolar.
 
De acordo com o Decreto-Lei n.º 299/84, de 05 de Setembro, compete aos municípios assegurar o transporte dos alunos entre a sua residência e o local dos estabelecimentos de ensino aos alunos dos ensinos básico e secundário, desde que residam a mais de 3 ou 4 km dos estabelecimentos de ensino, respectivamente sem ou com refeitório. O referido transporte escolar é gratuito até ao 3º Ciclo para os alunos a abrangidos pela escolaridade obrigatória e comparticipado em 50% para os alunos do ensino secundário.
O plano de transportes escolares, é elaborado anualmente, correspondendo à previsão dos transportes que irão ser necessários para o ano letivo, ordenando a rede de transportes dos alunos de Santa Maria da Feira. O documento, (consultável AQUI), é elaborado pelo Pelouro da Educação da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira com base no número de alunos a frequentar os diversos estabelecimentos de ensino durante o ano letivo, os números fornecidos por cada estabelecimento de ensino e informação enviada pelas transportadoras.

 
 
Roteiro dos Espaços Educativos da AMP
 
A Junta Metropolitana do Porto, em conjunto com os 16 municípios que a integram, entre os quais Santa Maria da Feira, lançou o Roteiro dos Espaços Educativos da Área Metropolitana do Porto.
Esta publicação, constitui um recurso de apoio aos diversos intervenientes na área da educação, tais como professores, encarregados de educação, jovens e comunidade educativa em geral, no desenvolvimento de projectos e actividades de âmbito social e educativo. 
O Roteiro dos Espaços Educativos apresenta informação sobre museus, monumentos, sítios arqueológicos, parques biológicos e zoológicos, centros geológicos, centros de educação rodoviária, de ciência e multimédia de Santa Maria da Feira e os demais concelhos.
Conheça o Roteiro dos Espaços Educativos em http://edu.amp.pt/.
 
As recentes alterações legislativas e de procedimentos verificadas no âmbito da acção social escolar determinaram a necessidade de redefinição do conjunto de regras no domínio da ação social escolar. Este programa engloba um conjunto de apoios dirigidos aos alunos mais carenciados, com o objetivo de suportar, em parte ou na totalidade, as despesas de educação. Visa-se, deste modo, assegurar um princípio de justiça social e de equidade, garantindo a igualdade de oportunidades de acesso e sucessos escolares aos alunos que frequentam as escolas do pré-escolar e 1.º ciclo do ensino básico da rede pública do concelho de Santa Maria da Feira.

Documentos disponibilizados:
- Despacho n.º 7255/2018, que estabelece as medidas de ação social escolar a aplicar no ano 2018-2019
- Despacho n.º 5296/2017, que estabelece as medidas de ação social escolar a aplicar no ano 2017-2018
- Normas da Acção Social Escolar - 1.º Ciclo
- Normas das Atividades de Animação e Apoio à Família nos JI da Rede Pública do Concelho de Santa Maria da Feira
- Despacho 5296/2017, que procede à alteração do Desapcho 8452A de 2015, que estabelece as medidas de ação social escolar a aplicar no ano letivo 2017-2018
- Despacho 8452A de 2015, que estabelece as medidas de ação social escolar a aplicar no ano escolar de 2016-2017
- Boletim de inscrição nas Atividades de Animação e de Apoio à Família (AAAF) da Câmara Municipal
- Boletim de inscrição - Refeições 1º Ciclo
Legislação Nacional
Auxílios Económicos atribuidos pela Câmara Municipal de Santa Maria da Feira:
- Ação Social Escolar 2019-2020
- Ação Social Escolar 2018-2019
- Ação Social Escolar 2017-2018
- Ação Social Escolar 2016-2017
- Ação Social Escolar 2015-2016
Ação Social Escolar 2014-2015
Ação Social Escolar 2013-2014
- Ação Social Escolar 2010-2011
- Ação Social Escolar 2009-2010
Valores do apoio financeiro aos estabelecimentos de educação pré-escolar da rede pública para aquisição de material didático, no ano letivo 2018/2019
- 2018-2019

 
Para informação geral, divulga-se o regulamento que estabelece as normas para atribuição de bolsas de estudo a estudantes do ensino secundário e superior, residentes no concelho de Santa Maria da Feira. Para maior facilidade e comodidade dos interessados disponibiliza-se no fim desta notícia o requerimento que deve ser preenchido e entregue junto Câmara Municipal de Santa Maria da Feira acompanhado dos documentos que aí vêm indicados.
Candidatura a bolsa:
- DGES
Documentos disponibilizados:
- Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo de Santa Maria da Feira
- Requerimento para Concessão de Bolsas de Estudo
- Legislação Nacional
 
Disposições Legislativas Relevantes
 
CCAP
Agenda
Acontece
Topo  |  Início  |  Politica de Privacidade e Cookies  |  Webmail  |  Newsletter  |  Arquivo  |  Contactos
© 2013 Fapfeira, Todos os direitos reservados - desenvolvido por aRlo